Rooney brilha em goleada do United sobre Leverkusen na Liga dos Campeões

Atacante marca duas vezes na vitória por 4 a 2 dos ingleses pelo Grupo A. Na outra partida da chave, Shakhtar Donetsk bate Real Sociedad na Espanha por 2 a 0

Por ulisses.valentim

Inglaterra - Após 27 anos, o Manchester United voltou a disputar uma Liga dos Campeões sem o técnico Alex Ferguson à beira do campo. Substituto do escocês no cargo, David Moyes começou com o pé direito: goleada sobre o Bayer Leverkusen, por 4 a 2, no Old Trafford, com direito a dois gols de Rooney, que saiu aplaudido. Van Persie e Valencia marcaram os outros gols dos ingleses. Rolfes e Toprak fizeram pelos alemães.

Mesmo sem brilhar, o United aproveitou os erros adversários, principalmente no segundo tempo, e construiu a elasticidade, suficiente para dar a liderança do Grupo A nesta primeira rodada. No outro jogo, o Shakhtar Donetsk venceu a Real Sociedad, fora de casa, por 2 a 0.As duas equipes voltam a campo pela Liga dos Campeões no dia 2 de outubro, quando acontecerá a segunda rodada do Grupo A. O Manchester United visitará o Shakhtar Donetsk na Ucrânia. Já o Bayer Leverkusen tentará a recuperação recebendo a Real Sociedad.

Manchester United não teve dificuldades para vencer o Bayer LeverkusenReuters

O jogo

Os dois times erraram muitos passes no começo do jogo. Mas, como o Manchester United tinha mais posse de bola, teve as melhores chances de gol. Aos dez minutos, Van Persie arriscou chute de fora da área e viu a bola passar com muito perigo pelo gol adversário. Aos nove, Smalling teve oportunidade.Mas foi Rooney quem inaugurou o placar de Old Trafford. Ainda com uma espécie de capacete, por conta de um corte profundo que sofreu recentemente, o camisa 10 aproveitou cruzamento preciso de Evra para, de primeira, mandar a bola para o fundo da rede e fazer a torcida comemorar.

Após inaugurar o marcador, o United se recuou um pouco e permitiu que o Bayer crescesse na partida, ficando cada vez mais à vontade no ataque adversário. A resposta só veio no começo do segundo tempo, quando Rolfes, também de primeira, colocou efeito na bola e deixou De Gea sem reação.Os comandados de David Moyes, que fez a sua estreia na Liga dos Campeões, não se abateram e balançaram as redes novamente aos 15 minutos: depois de mais um cruzamento, mas desta vez de Valencia, Van Persie emendou voleio e contou com a colaboração de Leno para os 2 a 1.

Rooney foi o destaque da partida com dois gols e uma assistênciaReuters

Diferentemente dos oponentes, a equipe de Leverkusen se abateu no duelo. Prova disto foi o erro grotesco de Spahic, que cabeceou bola para trás após tiro de meta de De Gea e deixou Rooney na cara do gol. O craque não perdoou, tocou na saída do arqueiro e praticamente definiu o triunfo inglês.Coube a Valencia, muito criticado pela imprensa e torcida inglesas nos últimos compromissos, fechar a conta em Manchester. Aos 34, ele apareceu livre pela direita e, de fora da área, chutou forte e não deu chances para Leno, que lamentou o quarto tento sofrido e o revés fora de casa confirmado.

Faltando dois minutos para o fim do tempo regular, a defesa mandante se atrapalhou e permitiu que Ömer Toprak desviasse a bola e deixasse De Gea sem reação. O tento, no entanto, não foi suficiente para o esboço de reação visitante.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia