Sonnen, Belfort, Lyoto e Shogun; Relembre vítimas de Jon Jones no UFC

Americano defende cinturão dos meio-pesados contra Alexander Gustafsson neste sábado e coleciona uma série de nocautes e finalizações no UFC

Por rafael.arantes

São Paulo - Dono do cinturão dos meio-pesados, Jon Jones é o homem a ser batido no UFC. O americano já tem cinco defesas no currículo e encara o sueco Alexander Gustafsson, neste sábado, em Toronto, para tentar manter a supremacia na categoria.

Em seu cartel no UFC, Jon Jones tem 12 vitórias (4 por nocaute, 5 finalizações e 3 decisões dos juízes) e apenas uma derrota, por desclassificação por cotoveladas ilegais contra Matt Hamill. Com 1,93m, o americano é dono da maior envergadura do Ultimate, é especialista no wrestling e abusa das cotoveladas para abrir cortes em seus adversários.

Jon Jones vai defender seu cinturão neste sábadoReprodução Internet

Desde 2008, quando estreou no UFC, Jon Jones vem colecionando vítimas nos octógonos ao redor do mundo. Em agosto daquele ano, ele fez sua primeira luta pelo Ultimate e venceu o brasileiro André Gusmão, na decisão dos juízes. Seis lutas depois, em março de 2011, teve o direito de disputar o cinturão contra outro lutador do Brasil, Mauricio Shogun Rua. Com uma sequência de socos e joelhadas, Jones nocauteou Shogun e se tornou o campeão dos meio-pesados do UFC.

De lá para cá foram mais cinco vitórias. Em 2011, finalizou Quinton Rampage Jackson com um mata-leão e encaixou uma guilhotina em Lyoto Machida, após abrir um corte da testa do brasileiro com uma cotovelada. Já no ano seguinte, castigou Rashad Evans por cinco rounds e precisou da decisão dos juízes para vencer o compatriota. Jones finalizou Vitor Belfort com uma chave americana, mas quase perdeu ao tomar um armlock logo no primeiro round.

Em sua última luta, Jones desferiu uma sequência de socos e cotoveladas em Chael Sonnen e nocauteou o falastrão no round inicial do UFC 159, realizado em abril de 2013. Gustafsson tem sete vitórias e apenas uma derrota no Ultimate, porém terá pela frente o seu maior desafio da carreira.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia