Por rafael.arantes

Marrocos - Foi difícil, mas o Atlético-MG garantiu a terceira colocação no Mundial de Clubes da Fifa. Com Ronaldinho Gaúcho expulso, o Galo garantiu o lugar no pódio apenas aos 45 minutos do segundo tempo, quando Luan marcou o terceiro gol da equipe mineira na vitória por 3 a 2 sobre o Guangzhou Evergrande.

Atlético-MG ficou com o terceiro lugar no Mundial de ClubesEfe

O jogo começou bastante agitado e o Atlético abriu o placar logo no primeiro minuto da partida, com Diego Tardelli. No entanto, o campeão das Américas sofreu uma virada muito antes do que se poderia imaginar. Com gols de Muriqui e Conca, o Guangzhou virou a partida logo aos 14 minutos. O talento de Ronaldinho, no entanto, fez a diferença no último minuto da primeira etapa, quando o atleta fez, de falta, o gol de empate do Galo.

No segundo tempo a partida ficou mais complicada e só foi decidida nos detalhes. Com os chineses perdendo muitos gols, principalmente com o atacante Muriqui, o ápice da segunda etapa foi na reta final. Aos 42 minutos Ronaldinho se envolveu num lance polêmico ao revidar um chute e acabou sendo expulso. Três minutos depois, Luan aproveitou bom passe de de Tardelli e garantiu a Vitória para o Galo.

Dando adeus ao time, o técnico Cuca fez sua despedida ao fim da partida e mostrou grande emoção: "Uma pena a gente ter fracassado. Não era o que a gente queria, é uma lástima muito grande. O atleticano tem que estar feliz com o ano dele, mesmo sem o título. Eu peço desculpa por não ter sido melhor, mas desejo muito sucesso. Sempre vou ter na lembrança o Atlético como um dos melhores clubes que eu já trabalhei", discursou.

Você pode gostar