Por bernardo.argento

Estados Unidos - Se depender dos médicos, Anderson Silva só deverá ter alta do Centro Médico Universitário de Las Vegas em 2014. Steven Sanders, cirurgião ortopédico que operou o brasileiro, alertou que o tempo de recuperação do Spider é de seis meses, mas ele só deverá treinar a partir de junho. Caso não decida se aposentar, o ex-campeão dos médios do UFC só deverá lutar em 2015.

“Ainda não temos 48 horas da cirurgia. É difícil opinar. Se eu tiver que dar um palpite, a consolidação da fratura demorará entre três e seis meses e ele poderá voltar a treinar entre seis e nove meses”, disse Sanders.

Lesionado e urrando de dor Anderson Silva deixou octógono na macaUSA Today Sports

Ele afirmou que Anderson teve até sorte, pois a lesão poderia ter sido bem pior.

“Por pouco a pele não cedeu. Se tivesse a fratura exposta, teria que ser feita uma reconstrução vascular. O que seria muito pior. Ele foi atendido e a lesão foi estabilizada ainda no octágono. O hospital foi importante para que ele tomasse logo um remédio para aliviar a dor. Tudo trabalhou a favor do Anderson. Eram as pessoas certas, no lugar certo, no momento certo”, ressaltou Sanders.

Anderson já está usando muletas menos de 48 horas após a cirurgia e, pelo visto, a aposentadoria não passa pela cabeça do melhor de todos os tempos do UFC. Ao sair da operação, Anderson deu indícios de que já planeja sua volta ao octágono: “Assim que saiu da mesa de cirurgia e acordou, Anderson pediu várias vezes para saber quando poderia treinar.”

Aos 38 anos, o Spider não é mais um menino. No entanto, o médico descartou a hipótese de uma fratura anterior e disse que a idade não foi um fator fundamental na lesão mais grave na carreira do lutador brasileiro.

“A idade dele não afetou na fratura. Se tivesse 28 anos, poderia ser igual. Existem outros fatores externos. Não a idade”, afirmou Sanders. “Ele vai passar por essa, com certeza”, acrescentou.

O UFC deixou à disposição de Anderson um jato, um helicóptero e um ônibus especial para que ele volte para casa, em Los Angeles.

Você pode gostar