Por victor.abreu

Pequim - A seleção chinesa de futebol, que na última semana passou a ter o francês Alain Perrin como treinador, disputará a Copa América do ano que vem, no Chile, como seleção convidada, informou nesta segunda-feira o jornal oficial "China Daily".

A China será a segunda equipe asiática a jogar à Copa América. O Japão foi o primeiro na edição de 1999Divulgação

Será a primeira vez que a China participará do torneio, que teve o Japão competindo na edição de 1999. Na ocasião, a seleção asiática foi a lanterna de seu grupo, com derrotas para Paraguai e Peru e um empate com a Bolívia.

Com isso, a equipe dirigida por Perrin, que não se classificou para a Copa do Mundo deste ano, deverá disputar duas competições continentais em 2015, já que a Copa da Ásia acontecerá em janeiro desse ano e a seleção estará presente caso vença a classificatória contra o Iraque, na próxima quarta-feira, em Dubai.

Desde 1993, a Copa América convida duas seleções não pertencentes à Conmebol, formada por dez membros, para que a fase de grupos tenha 12 concorrentes. O México é o convidado mais frequente, e Estados Unidos, Costa Rica e Honduras, além do Japão, também já foram chamados.

Você pode gostar