Por victor.abreu

Suíça - Assim como acontece desde 2003, Ronaldo e Zinedine Zidane serão anfitriões da 11ª edição do Jogo Anual contra Pobreza, que será disputado nesta terça-feira em Berna, na Suíça, e cuja arrecadação será destinada em boa parte às vítimas do tufão Haiyan nas Filipinas.

Amistosos será na SuíçaDivulgação

O evento normalmente acontece em dezembro, mas teve edição de março adiada para amanhã. O último jogo aconteceu em dezembro de 2012, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

"É uma forma de arrecadar fundos e conscientizar as pessoas que a solução para este problema está em nossas mãos", afirmou o 'Fenômeno' em comunicado. "A luta contra a pobreza não é um jogo", acrescentou.

Outras estrelas do futebol, como o português Luis Figo, o italiano Fabio Cannavaro, o tcheco Pavel Nedved e o espanhol Fernando Hierro, também participarão do evento no Stade de Suisse, que terá como árbitro o italiano Pierluigi Collina, que apitou a final da Copa do Mundo de 2002.

Desde 2003, os dois astros do futebol promovem a partida beneficente junto ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que conta ainda com o apoio da Fifa e da Uefa.

"Gostaria de ver as arquibancadas cheias para que pudéssemos desfrutar do futebol todos juntos lutando contra a pobreza. Ajudemos às Filipinas", disse Figo. Por sua vez, Cannavaro afirmou ser "uma honra jogar ao lado de atletas magníficos cuja trajetória é repleta de sucesso".

Entre as novas "contratações" deste ano estão o treinador do time B do Manchester City, o ex-volante Patrick Vieira, que vê o futebol como "uma forma de fazer uma chamada em favor da reconstrução nas Filipinas".

Entre os jogadores se destaca a única mulher que participa do Jogo contra Pobreza, a atacante brasileira Marta, que já participou deste evento na edição de 2007, em Fez, no Marrocos.

"Fico honrada de participar novamente deste jogo importante e ter a oportunidade de me juntar a jogadores, treinadores e o público para nos mobilizar a favor das Filipinas", comentou Marta, eleita a melhor do mundo cinco vezes.

Também confirmaram presença os brasileiros Belletti, Roberto Carlos, Elber e Deco (naturalizado português); os holandeses Ronald de Boer e Phillip Cocu; o inglês Steve McManaman; os franceses Robert Pires, Claude Makelele e Yuri Djorkaeff; e o alemão Jens Lehmann.

Você pode gostar