Por victor.abreu

Rússia - O Campeonato Russo não é um dos mais atrativos tecnicamente. Mesmo com os petrodólares, lances inusitados marcam o torneio. Só no duelo entre Zenit e Lokomotiv Moscou, neste domingo, dois episódios impagáveis aconteceram. Tudo começou com o atacante Hulk. O brasileiro tentou fugir da marcação de Diarra apostando corrida rente à linha lateral. Mas o bandeirinha acabou ficando bem na frente do paraibano, que se estressou com a trombada.

Posteriormente, quem levou a pior foi o árbitro que pediu para sair depois de se chocar com o português Luís Neto. Confira como foi o "dia difícil" da arbitragem russa.


Você pode gostar