Dunga prega liberdade para Neymar: 'Se Pelé jogar fora de posição não irá bem'

Treinador ainda falou sobre o momento de Ganso

Por pedro.logato

Rio - A Copa do Mundo acabou, a comissão técnica da seleção brasileira mudou, mas o foco do Brasil para o próximo ciclo de Mundiais parece continuar em cima de Neymar. Em entrevista ao "Correiro Braziliense", o novo comandante da equipe canarinho, Dunga, admitiu que conta com o craque do Barcelona para liderar a Seleção em busca do hexa na Rússia, e mais, comparou o atual camisa 10 a Pelé.

Dunga fez elogios para NeymarCarlos Moraes

"Se todos nós achamos que o Neymar é o nosso melhor, ele tem que jogar na posição dele. Os outros é que têm de se adaptar. Se eu tirar o Pelé da posição dele, aí o Pelé não vai jogar tão bem. Então, o Pelé tem que jogar na posição do Pelé. Os demais que precisam se adaptar. Pelo menos eu penso assim", disse.

Outro tema abordado por Dunga foi Paulo Henrique Ganso. O apoiador do São Paulo, surgiu junto com Neymar, em 2010, mas diferente do ex-companheiro não conseguiu explodir no futebol. Na ocasião, antes da Copa da África do Sul, o treinador, que na época ocupava o mesmo cargo que ocupa atualmente, não levou os jogadores para o Mundial, apesar do clamor da opinião pública.

"Futebol é dinâmico. Se você pegar a entrevista que o Neymar deu agora, em 2014, ele diz que precisa se preparar melhor. Imagina em 2010? O Ganso, até o momento, não teve continuidade. Como ele queria jogar em 2010? Na lista de quem os queria em 2010, não estava nem o Neymar em primeiro. A opção era o Ganso. Tudo tem o momento certo, a hora, o espaço. Agora, é o momento deles, tem que retribuir toda essa expectativa, assim como o Neymar comprovou na Copa de 2014", concluiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia