Deschamps cita Zidane ao dizer que é possível Ribéry voltar jogar pela França

Treinador dos Blues, no entanto, não garante a convocação do meia do Bayern de Munique

Por rodrigo.hang

França - O técnico da seleção francesa, Didier Deschamps, acredita que o maior craque dos Blues, Frank Ribéry, pode voltar a vestir a camisa dos Blues. O craque de 31 anos foi cortado da Copa do Mundo por não ter conseguido se recuperar de um grave problema nas costas e, após a competição, o meia disse que não jogaria mais pela equipe principal do seu país. Em entrevista ao jornal 'L'Équipe', o treinador da França afirmou que espera uma reviravolta na decisão do apoiador. 

Atual craque da seleção, Ribéry foi cortado da Copa por não se recuperar de lesão nas costasReuters

"Alguns, não muitos, anunciaram o adeus à seleção e depois regressaram. Vários jogadores voltaram depois de terem se aposentado, e alguns grandes nomes. Zidane, por exemplo também saiu após a Eurocopa de 2004 e, em seguida, fez o seu regresso em 2005. ", disse o comandante.

Ribéry decide se aposentar da seleção francesa: 'É preciso saber quando parar'

Deschamps garantiu que não sabe o motivo da escolha de Ribéry em não jogar mais pela seleção da França. Apreciador do futebol do craque do Bayern de Munique, o treinador francês, no entanto, não confirma a convocação do meia caso ele decida regressar aos Blues.

"É a sua escolha. Ele fez um anúncio e tomei conhecimento dele. Mas quem sabe como ele vai se sentir dentro de dois anos? Ribéry tomou uma decisão porque sente que precisa de algo mais. Mas talvez amanhã ou no dia seguinte mude de opinião. Ou talvez, não. Tudo depende dele. "Vai ser importante para mim ter em conta o seu estado de espírito. É bom para ele que eu o chame? Para o grupo? Posso ser radical quando tiver de o ser", comentou o técnico. 

Fora do Mundial do Brasil, Ribéry jogou duas Copas. A primeira foi em 2006, na Alemanha. Jogando ao lado de Zidane e Henry, ficou com vice-campeonato. Em 2010, na África do Sul, a equipe caiu na primeira fase. O meia fez 81 partidas pela seleção e marcou 16 gols.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia