Rafael Feijão quer 'protagonizar grande espetáculo' contra St. Preux no UFC

Combate entre brasileiro e americano está marcado para o dia 8 de novembro, na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais

Por rodrigo.hang

Rio - Em busca de afirmação no UFC, Rafael Feijão vai encarar o americano Ovince St. Preux no dia 8 de novembro, na cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, pelo nível meio-pesados (até 93kg). Os dois lutadores foram derrotados pelo mesmo adversário por Rayan Bader, mas ambos estão empolgados com a nova chance, por se conhecerem do extinto Strikeforce, evento de artes marciais nos Estados Unidos. Feijão disse que, por já conhecer o estilo de luta do próximo adversário, espera um grande duelo.

Feijão busca vitória sobre o americano Ovince St. Preux no UFC em UberlândiaDivulgação

"O Ovince é lutador muito duro e agressivo. Ele possui um estilo muito parecido com o meu. Já acompanho as lutas dele desde o Strikeforce. Em seu último combate, assim como eu, acabou caindo no jogo Bader, que gosta de controlar a luta e não se expôr. Mas isso já é passado. Pelo nosso estilo de luta, tenho certeza de que vamos protagonizar um grande espetáculo e que vai levantar a galera", comentou o atleta da Team Nogueira.

Rafael Feijão lamentou os erros cometidos no combate com Ryan Bader em junho deste ano e promete empenho ainda maior para sair vitorioso do octógono contra Ovince St. Preux. O paulista radicado em Cuiabá garantiu que fará uma apresentação melhor no próximo compromisso.

LEIA MAIS: Notícias, lutas e bastidores: tudo do mundo do MMA

“Infelizmente, no meu último combate, não consegui me encontrar no octógono e mostrar todo o meu potencial. Mas refleti muito sobre tudo o que aconteceu, sentei com os meus treinadores e analisamos todos os erros. Mudei bastante coisa nos meus treinamentos para conseguir explorar a minha maior qualidade, que é a agressividade. Em novembro, vocês podem ter certeza que vou me apresentar muito melhor, me movimentando mais, ditando o ritmo da luta e sendo agressivo”, projetou Feijão, que espera impor seu estilo de luta.

“Torço muito para que o Ovince venha trocar comigo, sempre que peguei lutadores que vieram para trocação, graças a Deus, tive êxito e consegui nocautear. Apesar do estilo dele pouco ortodoxo, acredito que ele não conseguirá me surpreender. Tenho parceiros de treino que fazem o mesmo tipo de jogo, trocando de base, jogando de canhoto, então vai ser algo normal para mim. Ele no chão também faz algumas coisas diferentes, mas confio muito no meu jiu-jitsu. Vou entrar muito focado, e vou chegar melhor do que ele, tanto no chão quanto em pé. Pelo nosso estilo, creio que vamos protagonizar um grande espetáculo e levantar a galera”, finalizou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia