Representantes de Fla e Flu são xingados por presidente da Federação

Rubens Lopes perdeu a compostura após Eurico Miranda ler a nota oficial divulgada pelos clubes no inicio do dia e ofendeu a Marcelo Penha e Eduardo Bandeira de Mello

Por edsel.britto

Rio - O clima ficou pesado no arbitral da Federação de Futebol do Rio do Janeiro (Ferj). O presidente da entidade, Rubens Lopes, xingou o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello e o assessor especial da presidência do Fluminense, Marcelo Penha. Após as ofensas os dois abandonaram a reunião que decide o regulamento para o Estadual de 2016.

Bandeira falou sobre ofensas de Rubens LopesUanderson Fernandes

A polêmica teve início quando Bandeira de Mello confirmou que assinou a nota oficial divulgada pela dupla Fla-Flu na manhã desta sexta-feira. Com isso, o o presidente da Federação perguntou se o mandatário rubro-negro estava o chamando de ladrão. Irritado, Rubens Lopes começou a xingar Eduardo. Os dois se levantaram e discutiram até a saída do presidente do Flamengo da reunião. O mandatário do Madureira, Elias Duba, alegou que Bandeira de Melo teria sido ofensivo por ter chamado todos os demais presidentes de palhaços.

"Estou acostumado a conviver com pessoas educadas e de alto nível. Depois de todas as injustiças que fizeram com o Flamengo na Federação, hoje, o presidente da Ferj partiu para ofensa pessoal. Se exaltou com a nota oficial. Não considero a nota ofensiva ou mal educada. O Flamengo reafirma o que esta escrito e vai entrar na Justiça para buscar ressarcimento pelas perdas. Ele xingou minha mãe e disse o que eu deveria fazer com a nota. Respondi e ele se exaltou mais. Me retirei da sala antes que houvesse um problema maior", disse o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, que estava transtornado ao sair da sala da reunião.

Reunião na Ferj teve momentos de tensãoUanderson Fernandes

A nota oficial foi lida pelo presidente do Vasco, Eurico Miranda, que apoia a Federação. O Flamengo promete entrar na Justiça pelos seus direitos e tentará criar uma liga para fazer frente a Ferj: "A idéia é estudar a criação de uma liga municipal que está prevista no estatuto e que seja vinculada a Federação. A liga é uma idéia que vamos desenvolver e tentar atrair outros clubes", afirmou Bandeira de Mello.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia