Ajax vence clássico contra o PSV e mantém vivo sonho do título holandês

Triunfo diminuiu para 11 pontos a diferença para o líder PSV

Por bernardo.argento

Holanda - Apesar de estar cada vez mais longe do pentacampeonato, o Ajax mostrou força neste domingo ao vencer o líder PSV Eindhoven, em pleno Phillips Stadium, por 3 a 1, diminuindo para 11 pontos a distância entre as duas equipes no Campeonato Holandês. Um revés da equipe de Frank De Boer poderia significar uma despedida prematura da briga pelo título. Mas a vitória deu ânimo ao Ajax para ainda tentar reverter a situação, mesmo com a grande vantagem do rival. Apesar de precisar do resultado positivo, o Ajax foi dominado pelo PSV durante toda a partida.

Ricardo Kishna comemora seu gol Efe

Mesmo pressionados, os visitantes saíram na frente do placar, aos 29 minutos da etapa inicial, com gol de Ricardo Kishna, que se antecipou à zaga e completou cruzamento rasteiro da direita. Melhores no jogo, os comandados de Philip Cocu só conseguiram empatar depois do intervalo. Aos 32 minutos, Luuk de Jong apareceu livre dentro da área do Ajax e tocou de cabeça para igualar, sem chances de defesa para o goleiro Jasper Cillessen. Lasse Schöene voltou a colocar os visitantes à frente do placar seis minutos mais tarde, aos 38. Ele cobrou falta de longa distância e a bola acabou desviando na barreira, enganando Jeroen Zoet.

Já nos acréscimos Anwar El-Ghazi fez o terceiro, dando números finais à partida. Nos outros jogos do domingo, o Feeynoord perdeu a oportunidade de terminar a 25ª rodada na terceira posição. A equipe só empatou com o Utrecht por 0 a 0, fora de casa, e está a dois pontos do AZ Alkmaar, que venceu ontem o Willem II por 2 a 0. O Excelsior fugiu temporariamente da parte mais baixa da tabela ao vencer o Heerenveen em casa, por 3 a 0. Luigi Bruins, Tom van Weert e Kevin Vermeulen fizeram os gols dos anfitriões, que estavam a dois jogos sem vencer. Também jogando dentro de seus domínios, o Groningen deixou a vitória contra o ADO Den Haag escapar nos acréscimos. Xander Houtkoop empatou a partida (1 a1 ) aos 50 minutos do segundo tempo. Antes, os donos da casa ainda tinham desperdiçado um pênalti na partida, com Nick van der Velden.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia