Coutinho decide e Liverppol complica briga do City pelo título do Inglês

Brasileiro marcou um golaço no segundo tempo e garantiu o triunfo dos 'Reds' por 2 a 1 em Anfield Road

Por edsel.britto

Inglaterra - Em uma atuação de gala de Phillipe Coutinho, o Liverpool bateu o Manchester City por 2 a 1 neste domingo, em Anfield Road, atrapalhando as pretensões do rival na briga pelo título do Campeonato Inglês e colocando pressão no Manchester United e no Arsenal, adversários diretos na disputa por vaga na Liga dos Campeões. Coutinho deu a vitória aos 'Reds' com um golaço.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e jogos: os destaques do futebol internacional

Aos 30 minutos do segundo tempo, recebeu pela esquerda, limpou a marcação para o meio e finalizou com perfeição, da entrada da área, no ângulo de Joe Hart, que nada pode fazer. Antes, ainda na etapa inicial, o meia brasileiro começou a jogada que terminou com em outro golaço. Aos 11 minutos, Jordan Henderson abriu o placar ao também receber pela esquerda e soltar um chute indefensável para o goleiro dos 'Citizens'. Edin Dzeko marcou o gol dos visitantes no clássico.

Coutinho foi decisivo e marcou o segundo gol da vitória do Liverpool sobre o Manchester CityEfe

Sergio Agüero colocou o companheiro de ataque na cara do gol aos 26 minutos do primeiro tempo. O artilheiro bósnio recebeu na área e tocou rasteiro na saída de Simon Mignolet. Apesar de abatido pela eliminação na Liga Europa frente ao Besiktas no meio de semana, o Liverpool deu sequência à boa forma no Inglês. Os 'Reds', o único time invicto na competição em 2015, pularam a quinta posição, a dois pontos de distância do Manchester United, quarto colocado após a vitória do Arsenal também hoje.

Já o Manchester City, que tinha diminuído para cinco pontos a vantagem do líder Chelsea, pode ver a distância aumentar para oito. Por causa da decisão da Copa da Liga Inglesa hoje frente ao Tottenham, a partida dos 'Blues' desta 27ª rodada, contra o Leicester, foi adiada.

O Arsenal se recuperou da amarga derrota sofrida para o Monaco na 'Champions', em pleno Emirates Stadium, ao bater o Everton, também em casa, por 2 a 0, defendendo a terceira posição após a vitória dos 'Diabos Vermelhos' ontem. O francês Olivier Giroud, aos 39 minutos do primeiro tempo, abriu o placar para os donos da casa após escanteio cobrado pelo alemão Mesut Özil. Já perto do fim do jogo, o tcheco Tomas Rosicky ampliou ao arriscar chute de fora da área. A bola acabou desviando em Phil Jagielka, enganando o goleiro do Everton


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia