Dueto brasileiro do nado sincronizado fica em quarto lugar na rotina técnica

Foi estreia do Brasil na modalidade no Pan de Toronto

Por edsel.britto

Luisa Borges e Maria Eduarda Micucci ficaram no quarto lugar na rotina técnica do nado sincronizadoSátiro Sodré/CBDA

Toronto - Antes mesmo da cerimônia de abertura oficial dos Jogos Pan-Americanos, o polo aquático,com suas cenas de disputas ferrenhas, abriu as competições na última terça-feira. Em contraste com a "brutalidade" do polo, nesta quinta foi a vez da graça e da sutileza do nado sincronizado tomar conta do Centro Aquático de Toronto. Iniciando as disputas, os duetos de 12 países caíram na piscina para exibir suas rotinas técnicas.

O Brasil foi o segundo país a se apresentar, representado pela dupla formada por Luisa Borges e Maria Eduarda Miccuci, que levaram para a piscina uma coreografia inspirada na capoeira e conquistaram a pontuação de 80,9667. A nota foi a quarta melhor do dia, atrás dos Estados Unidos, que somou 82,5209 pontos, do México, com 84,4133, e do Canadá, que alcançou 88,0881.

Mais tarde, às 19h, será a vez das equipes fazerem suas apresentações, também com as rotinas técnicas. Tanto para as equipes quanto para os duetos, as notas serão incorporadas à pontuação da rotina livre, que serão apresentadas neste domingo. A soma das duas notas indicará a classificação final.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia