Brasil abusa dos erros e perde para a França na fase decisiva da Liga Mundial

Seleção teve bom início de partida, vencendo o primeiro set, mas perdeu fôlego e acabou sofrendo a virada dos franceses

Por jessica.rocha

Rio - Não foi a estreia que o Brasil esperava. A Seleção comandada por Bernardinho perdeu para a França, campeã da segunda divisão da Liga Mundial, por 3 sets a 1 (29/27, 21/25, 29/31 e 19/25) na sua primeira partida na fase decisiva da competição. A equipe abusou dos erros de saques, que foi o grande vilão do dia para os brasileiros.

"Erramos saques em sequência. Sabíamos que não ia ser simples a tarefa. Temos que consertar muita coisa e aprender. Amanhã (quinta-feira) voltaremos à quadra contra um time que tem muita qualidade, como os Estados Unidos. Tivemos chances e não soubemos aproveitar. A França soube aproveitar as chances que teve", explicou Bernardinho.

Brasil tropeça diante da França na fase decisiva da Liga MundialDivulgação

O primeiro set teve um início bastante equilibrado entre as equipes. A tentativa de forçar saques levou a Seleção muitas vezes ao mesmo resultado: os erros no fundamento. Apesar das falhas, o Brasil chegou a abrir 12/7 de vantagem sobre os franceses. Com a torcida jogando junto, a equipe de Bernardinho conseguia se aproximar de fechar a parcial, mas viu a França tentar reduzir a vantagem brasileira. Toda a tranquilidade demonstrada pelos brasileiros, sumiu no fim do set. Os franceses cresceram e conseguiram empatar: 24/24. A igualdade permaneceu até 27/27. A parcial foi fechada com um ponto de bloqueio de Murilo: 29/27, e o Brasil iniciava com o pé direito o jogo.

Na volta para o segundo set, a França se mostrava melhor desde o início. Apesar do placar equilibrado, na maioria dos momentos a seleção francesa se mantinha à frente dos brasileiros. Nem a grande atuação de Lucarelli nos ataques foi suficiente para impedir a derrota na parcial por 25/21.

Após o bom segundo set, a França voltou com tudo no início da terceira parcial. Com os franceses dominando durante todo o tempo, o Brasil ainda conseguiu reagir e buscar o empate no fim. Em uma sequência de empates no placar desde os 24 pontos, a Seleção teve a oportunidade de fechar a o set por duas vezes, mas não conseguiu. A parcial foi até os 31 pontos e os franceses não bobearam quando tiveram a oportunidade de garantir o 2 a 1 no placar.

Cansada após sofrer a virada no placar, o Brasil tentou retomar o foco e voltar para a partida no início do quarto set, mas não conseguiu. Em uma parcial equilibrada até os 16 pontos, a França abriu vantagem e fechou em 25/19, garantindo a vitória e a virada na estreia brasileira na fase decisiva da Liga Mundial.

"O saque da França fez muita diferença. A gente alternou muito nesse fundamento. Perdemos um pouco do nosso volume e disposição, e isso não pode acontecer. Temos que saber que as oportunidades vão aparecer, mas jogando contra grandes equipes, temos que tentar voltar para o jogo. Na quinta-feira é tudo ou nada contra os Estados Unidos. A gente tem a nossa oportunidade, agora é com a gente. Vamos descansar um pouco e fazer uma partida melhor do que fizemos", disse Bruninho.

O próximo desafio do Brasil na fase decisiva da Liga Mundial é contra os Estados Unidos, nesta quinta-feira, às 14h, no Maracanãzinho. Para se classificar para as semifinais, a equipe de Bernardinho precisa vencer os americanos e torcer por uma vitória justamente da França contra eles na sexta-feira.

Colaborou Renata Amaral

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia