Técnico da Argentina diz: 'Teria parado de jogar pela seleção se fosse Messi'

Tata Martino acredita que críticas ao craque são injustas

Por victor.abreu

Argentina - O técnico da seleção Argentina, Gerardo Martino, disse que se fosse Lionel Messi, teria parado de jogar pela seleção nacional após receber tantas críticas.

LEIA MAIS: Daniel Alves herda camisa de Xavi e assumirá o Nº 6 na próxima temporada

Tatá Martino é o treinador da ArgentinaEfe

Messi falhou novamente em ganhar algum título após a Argentina perder na final da Copa América para o Chile no mês passado, e isto levou a diversas críticas de torcedores e da mídia.

Entre os críticos, estava o ídolo argentino Diego Maradona, que disse que o jogador de 28 anos do Barcelona, que marcou 46 gols em 103 partidas pela seleção, foi mimado. "Temos o melhor do mundo, que marca quatro gols contra o Real Sociedad e então vem aqui e não faz nada", disse Maradona a repórteres após a final da Copa América.

No entanto, Martino, que foi técnico de Messi no Barcelona, defendeu o jogador, eleito quatro vezes melhor do mundo, e disse que ele iria continuar no seu elenco, após especulações de que ele iria sair por conta da pressão.

"Se fosse Messi, teria saído da seleção há tempos e continuaria jogando pelo Barcelona", disse Martino à Fox Sports na Argentina.

"Eu chamarei ele (para o amistoso com o México em 8 de setembro), mas não sei se ele irá. Seria muito frustrante se ele não fosse", acrescentou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia