Djokovic passa fácil por Murray, é tetra em Paris e bate recorde em Masters

Número 1 do Mundo levantou mais uma título na temporada

Por pedro.logato

França - Melhor do mundo na atualidade e protagonistas de uma das mais fantásticas de um tenista na história, o sérvio Novak Djokovic conquistou neste domingo o décimo título em 2015, o sexto de Masters 1000, ao derrotar o britânico Andy Murray por 2 sets a 0, com parciais de 6-2 e 6-4, na final em Paris.

Djokovic derrotou Murray em ParisEfe

Líder disparado do ranking da ATP, 'Nole' não se cansa de alcançar marcas importantes. Dono de 22 vitórias consecutivas, o sérvio é o primeiro a faturar seis Masters em um mesmo ano, além de estar a um troféu de igualar o espanhol Rafael Nadal como maior vencedor de torneios desse porte (27 a 26). De quebra, Djokovic já supera os US$ 16 milhões em prêmios, algo inédito e ainda se tornou o maior campeão da competição na capital francesa, superando o próprio técnico, o alemão Boris Becker.

A vitória sobre Murray foi mais tranquila que o esperado, depois de dois jogos duros no caminho até a final. 'Djoko' teve de bater o tcheco Tomas Berdych em dois tie-breaks na sexta-feira e derrotou o suíço Stan Wawrinka em três sets no sábado até decidir contra o britânico, que teve um caminho mais tranquilo até sua primeira decisão em Paris. Hoje, porém, ficou clara a superioridade do sérvio na atualidade.

Murray teve problemas em praticamente todos os seus games de saque. Ciente de que a troca de bolas no fundo de quadra favoreceria o adversário, o número 3 do mundo variou bastante nos golpes, mas isso não foi suficiente para frear 'Nole'. Com duas quebras de serviço, o sérvio fechou o primeiro set em 6-2. Na segunda parcial, ele abriu 3-1, e até permitiu o empate em 3-3, mas conseguiu uma nova quebra no sétimo game e administrou até fechar o jogo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia