Por pedro.logato
São Paulo - Após ser anunciado pelo Tianjin Quanjin, da China, comandado por Vanderlei Luxemburgo, como novo reforço, Geuvânio se despediu do Santos oficialmente por meio de nota publicada no site nesta manhã. O jogador de 23 anos agradeceu o clube por tudo o que está acontecendo em sua carreira.
“Eu deixo aqui muitos amigos, uma família que eu construí. Esse grupo foi um dos melhores que trabalhei em toda minha vida. Conquistamos títulos com a camisa do Santos, como profissionais, como homens. Eu queria agradecer cada um dos meus companheiros do Santos. Foi um clube que abriu as portas para mim", afirmou.
Publicidade
"Se não fosse o Santos nada disso estaria acontecendo na minha vida. Com certeza é um até logo, e não um adeus. Eu volto, quero voltar sim. Ainda quero fazer muita história no Santos, vou estar novo”, acrescentou o atacante.
Geuvânio falou ainda sobre o sonho de jogar no exterior, mas ressaltou que não imaginava que seria tão rápido.
Publicidade
“Eu nunca imaginei que isso ia acontecer na minha vida.Eu sempre tive um sonho, mas nunca tive a dimensão disso tudo. E isso aconteceu hoje. É um momento que eu não tenho palavras para descrever o meu sentimento.Eu deixo aqui o meu muito obrigado para a torcida do Santos. Quero agradecer todo carinho e respeito que tiverem pelo meu futebol, broncas, elogios, tudo que serviu para eu aprender. Agradeço a diretoria, o presidente, todo mundo do Santos”, continou.
Por fim, o jovem ainda brincou ao lembrar da placa prometida a ele após um belo gol na semifinal do Campeonato Paulista de 2015, contra o São Paulo. (Confira no vídeo abaixo, até os 40 segundos)
Publicidade
“Finalmente vão me entregar a placa que tinham me prometido (risos)”, finalizou.
A negociação foi selada por 11 milhões de euros, cerca de R$ 48 milhões e o Santos tem direito a 35%, ou seja, R$ 17 milhões. O restante é dividido em mais duas partes: 35% da Doyen Sports e 30% de empresários.
Publicidade
No Santos desde 2012, o sergipano de Ilha das Flores atuou em 114 jogos e marcou 24 gols. Como estipulado em contrato, caso o jogador queira retornar ao Brasil no futuro, o clube da Baixada Santista tem prioridade na compra, além de ter direito em 15% em possíveis próximas vendas.
Confira a dedicatória do jogador ao torcedor santista:
Publicidade
"Foram 10 anos de muita dedicação, suor e luta diaria. Alegrias, algumas tristezas, mas muito orgulho de vestir este manto sagrado que é camisa do Santos. Cheguei aqui menino. Errei, acertei e aprendi. Saio como homem e jogador profissional. Quero agradecer a cada funcionário do Santos Futebol Clube pela ajuda, aos meus companheiros que sempre me orientaram e deram força. E,também , aos torcedores que me trataram com carinho nestes momentos tão importantes de caminhada. Parto para um novo desafio profissional na minha carreira, mas parte do meu coração fica aqui. De longe estarei sempre torcendo para os meus companheiros colocarem o nome do Santos sempre no alto. Um forte abraço a todos."