Por gabriel.santos

Uganda - Mais uma tragédia atingiu o mundo do futebol em 2016. Depois do acidente aéreo envolvendo a equipe da Chapecoense, foi a vez de um barco naufragar e vitimar um time de futebol africano. Em Uganda, a sobrecarga foi o motivo pelo qual a embarcação acabou tombando, vitimando nove pessoas.

Dos 45 passageiros, 15 sobreviveram e outros 21 ainda estão desaparecidos, segundo informações locais. Segundo testemunhas, os passageiros festejavam muito e alguns estavam bêbados. O time, proveniente de Buliisa, estava a caminho do distrito de Hoima, para disputar um amistoso.

Em dado momento, a maior parte dos jogadores e torcedores ocuparam o mesmo lado do barco, causando a virada do mesmo. A polícia local segue tentando encontrar novos sobreviventes, com a ajuda de pescadores da região e mergulhadores. 

Você pode gostar