Mais Lidas

Jogador de clube brasileiro é procurado por suposta participação em assassinato

Meia Luciano Cabral, do Atlético-PR, teria se envolvido em morte de um homem de 27 anos, enquanto passa o Réveillon na Argentina

Por gabriel.santos

Argentina - O Atlético-PR pode se envolver numa grande polêmica logo nos primeiros dias de 2017. Isso porque, segundo informações de mídias sul-americanas, o jovem jogador Luciano Cabral estaria envolvido num assassinato cometido na província de Mendoza.

Meia chileno não foi muito aproveitado no FuracãoDivulgação / Atlético-PR

O meia, que é nascido na Argentina, mas se naturalizou chileno, estava em Mendoza para a virada do ano e, segundo informações da rádio chilena Cooperativa, é procurado pela polícia por participação no assassinato de um homem de 27 anos. O pai do jogador já teria sido detido, assim como um menor de 17 anos, segundo a rádio.

Outros veículos noticiam que o crime teria acontecido no último domingo e a motivação envolvia uma briga de rua. Espera-se que Cabral se apresente à Justiça acompanhado de um advogado para prestar esclarecimentos.

Luciano Cabral, de 21 anos, chegou ao Atlético-PR em julho do ano passado, emprestado pelo Argentinos Juniors, e vem tendo poucas oportunidades no clube paranaense. O contrato do jogador com o Furacão vai até meados de julho.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia