Rogério Dutra Silva perdeu em Paris - CBT
Rogério Dutra Silva perdeu em ParisCBT
Por O Dia

Paris - Rogério Dutra Silva deu um pouco de trabalho a Novak Djokovic, mas foi derrotado pelo sérvio por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/4, nesta segunda-feira, em Paris, na sua partida de estreia nesta edição de Roland Garros.

O tenista brasileiro chegou a quebrar o saque do ex-líder do ranking mundial por três vezes, mas viu o seu adversário converter cinco de nove break points e liquidar o confronto após 2h05min na quadra Philippe-Chatrier, a principal do Grand Slam realizado em quadras de saibro na capital francesa.

Atual 134º colocado do ranking mundial, Rogerinho contabilizou 70% de aproveitamento com o seu primeiro serviço e cometeu 32 erros não forçados, contra 36 do hoje 22º tenista da ATP. O sérvio, porém, foi melhor nos momentos decisivos e disparou 37 bolas vencedoras, contra apenas 21 winners do brasileiro.

Essa foi a segunda vez que o atual número 2 do Brasil enfrentou Djokovic. O duelo anterior entre eles também foi em um Grand Slam, no US Open de 2012, quando o tenista de Belgrado atropelou com parciais de 6/2, 6/1 e 6/2, em Nova York.

Com a vitória na estreia, o sérvio se credenciou para enfrentar na próxima fase o ganhador da partida entre os espanhóis David Ferrer e Jaume Munar, também programada para ser encerrada na programação desta segunda-feira.

WARWINKA CAI

Atual vice-campeão de Roland Garros e vencedor do Grand Slam francês em 2015, Stan Wawrinka decepcionou nesta segunda-feira ao ser eliminado na estreia pelo espanhol Guillermo Garcia-Lopez, que bateu o suíço por 3 sets a 2, com parciais de 6/2, 3/6, 4/6 e 7/6 (7/5) e 6/3, em uma batalha de 3h30min.

Veterano do circuito profissional e atual 67º colocado da ATP, o tenista de 34 anos assim avançou para encara na segunda rodada do Grand Slam o russo Karen Khachanov, que em outro duelo já encerrado nesta segunda passou pelo austríaco Andreas Haider-Maurer com parciais de 7/6 (7/0), 6/3 e 6/3.

Garcia-Lopez surpreendeu o ex-número 3 do mundo e atual 30º colocado do ranking da ATP, mas o espanhol já havia superado Wawrinka no encontro anterior entre os dois em Roland Garros, em 2014. O suíço, porém, defendia também uma vantagem de sete vitórias em dez partida entre os dois no circuito da ATP.

Dono de 16 títulos de simples, entre os quais também um do Aberto da Austrália e outro do US Open, o tenista de 33 anos atravessa péssimo momento e não ganhou nenhum troféu nesta temporada, depois de ter sido campeão apenas em Genebra no ano passado.

O argentino Marco Trungelliti, o italiano Marco Cecchinato, o grego Stefanos Tsitsipas, o letão Ernests Gulbis, o francês Benoit Paire, o britânico Cameron Norrie e o sérvio Dusan Lajovic foram outros tenistas que estrearam com vitória em outras partidas já encerradas nesta segunda-feira na chave de simples masculina em Paris.

Você pode gostar