O goleiro Júlio César credita o sucesso do Fluminense no Campeonato Brasileiro ao técnico Abel Braga  - FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.
O goleiro Júlio César credita o sucesso do Fluminense no Campeonato Brasileiro ao técnico Abel Braga FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.
Por

Rio Grande do Sul - Uma oportunidade para calar os céticos. Vice-líder do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos Atlético-MG e São Paulo têm mesma pontuação, mas estão em desvantagem nos critérios de desempate , o Fluminense encara o Grêmio, às 21h45, em Porto Alegre, disposto a provar que a boa fase não é questão de sorte. A meta é vencer para manter elevado o moral do Time de Guerreiros.

"O Grêmio é uma equipe que gosta muito de ter a bola, gosta de ir para frente. Não é por acaso que está nas cabeças (é quinto colocado, com 12 pontos). Sabemos das dificuldades, mas temos potencial e todas as condições de somar pontos lá, pois mostramos amadurecimento", disse o goleiro Júlio César, otimista quanto a um bom resultado, fora de casa, diante do atual campeão da Libertadores.

A razão do sucesso tricolor na tentativa de repetir os feitos de 1970, 1984, 2010 e 2012, o que levaria o time ao pentacampeonato brasileiro, tem nome e sobrenome: Abel Braga. Júlio César fez questão enaltecer o trabalho do técnico: "Tem muito a ver com o Abel. Compramos a ideia dele, o trabalho é fundamental para nós."

IBAÑEZ É OPÇÃO

A delegação tricolor desembarcou ontem, no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, sem o zagueiro Gum e o atacante Marcos Junior. A dupla foi preservada pela comissão técnica para o compromisso de hoje por causa do desgaste físico da temporada.

Por outro lado, o Fluminense conta com a volta do defensor Ibañez, que não atua desde a derrota (2 a 1) para o Corinthians, em São Paulo, na primeira rodada do Brasileirão. Ibañez está recuperado de lesão na coxa esquerda, mas deve ficar no banco por causa do longo período de inatividade.

Você pode gostar
Comentários