Tite faz nesta sexta-feira a primeira convocação pós-Copa do Mundo

Há expectativa por novidades, como Pedro e Lucas Paquetá. Semifinalistas da Copa do Brasil podem sofrer desfalques

Por

Tite e o coordenador de seleções, Edu Gaspar: começo de um novo ciclo visando à Copa do Mundo de 2022
Tite e o coordenador de seleções, Edu Gaspar: começo de um novo ciclo visando à Copa do Mundo de 2022 -

Rio - O técnico Tite faz nesta sexta-feira, às 11h, na sede da CBF, na Barra, a primeira convocação da seleção brasileira após a eliminação para a Bélgica nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. Os jogadores serão chamados para os amistosos com Estados Unidos, em Nova Jersey, e El Salvador, em Washington, nos dias 7 e 11 de setembro, respectivamente.

A comissão técnica de Tite tem viajado por todo o Brasil para observar possíveis convocados para a Seleção. Assim, há a expectativa por novidades na lista. O treinador acompanhou recentemente a derrota por 3 a 0 do Fluminense para o Internacional, no Maracanã. Pedro, artilheiro do Brasileirão, com 10 gols, é um nome que vem sendo cogitado. Tite também assistiu à vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Grêmio pela Copa do Brasil, na quarta-feira, no Maracanã. Lucas Paquetá, do Rubro-Negro, é outro que pode estar na relação após ter ficado na lista de suplentes na Copa do Mundo.

A convocação da seleção brasileira pode deixar Flamengo, Corinthians, Cruzeiro e Palmeiras, semifinalistas da Copa do Brasil, com desfalques importantes. Os jogos de ida da fase decisiva do torneio nacional estão marcados para 12 setembro, um dia depois do amistoso com a seleção de El Salvador. Os de volta serão no dia 26.

Outro nome cogitado é o do volante Arthur, que esteve entre os suplentes no Mundial da Rússia e trocou o Grêmio pelo Barcelona.

Os amistosos marcam o começo do novo ciclo da Seleção, de olho na Copa do Catar, em 2022. No ano que vem, o principal desafio será a Copa América, no Brasil. Na última vez que a Seleção disputou o torneio dentro de casa, em 1989, foi campeã, derrotando o Uruguai na final.

 

Comentários

Últimas de Esporte