Real Madrid pressionou CR7 a pagar 375 mil euros a mulher que o acusou de estupro

Segundo informações de jornal, fato será um dos argumentos de defesa do craque

Por O Dia

Cristiano Ronaldo foi acusado de estupro
Cristiano Ronaldo foi acusado de estupro -

Portugal - O craque português Cristiano Ronaldo vai citar o Real Madrid em sua defesa. Isso porque, de acordo com o jornal português 'Correio da Manhã', os advogados de CR7 alegam que o clube espanhol o pressionaram a pagar 375 mil euros a Kathryn Mayorga, em 2009, época do acontecimento.

"Um dos principais argumentos que o craque irá usar prende-se com o fato de ter sido pressionado pelo clube merengue a assinar o acordo e a pagar uma indemnização à norte-americana", afirma a publicação.

Segundo o diário, Cristiano Ronaldo não queria pagar o valor para a ex-modelo porque garante ser inocente, mas cedeu à pressão. O jornal afirma ainda que os advogados e o craque se reuniram diversas vezes para traçar a melhor estratégia de defesa, como no último domingo, que ele viajou para Lisboa para encontrá-los junto com sua namorada, Georgina Rodríguez, e quatro seguranças.

De acordo com o diário 'Tuttosport',o porta-voz da polícia de Las Vegas Jacinto Ribeiro informou que as provas entregues por Kathryn Mayorga não foram perdidas e que CR7 ainda não está sendo acusado de nenhum crime, mas deve ser ouvido nos próximos dias. 

"O mais provável é que Ronaldo seja ouvido como pessoa interessada no caso, não como arguido", explicou Rivera.

Galeria de Fotos

Cristiano Ronaldo foi acusado de estupro AFP / Marco BERTORELLO
Cristiano Ronaldo AFP / Marco BERTORELLO

Últimas de Esporte