Mais Lidas

Ex-ator pornô revela que já participou de festas de swing com Cristiano Ronaldo

Rocco Siffredi também defendeu o craque sobre a acusação de estupro e garante que ele é inocente

Por O Dia

Cristiano Ronaldo teve problemas físicos e não pode entrar em campo
Cristiano Ronaldo teve problemas físicos e não pode entrar em campo -

Itália - Mais uma polêmica envolvendo Cristiano Ronaldo. O ex-ator pornô Rocco Siffredi, durante uma entrevista no programa 'The Zanzara', da Rédio 24 da Itália, revelou que já participou de alguns eventos de swing no qual também estava o atacante da Juventus.

"Isso foi antes de ele ser famoso. Um exemplo é a festa de swing da boate Jessica Rizzo, em Roma. Alguém como ele participar de uma festa dessa significa que que ama a vida, que quer ter diversão. Naquela noite ele se divertiu", disse Rocco Siffredi. Vale lembrar que swing é uma prática sexual em grupo, onde, geralmente, há troca de casais.

O ex-ator pornô também defendeu o craque português e afirmou que Cristiano Ronaldo é inocente no caso de estupro. O jogador está sendo acusado do crime por uma mulher dos Estados Unidos, em 2009.  

"Eu não acredito nessas histórias de garotas que dizem ter sido estupradas por alguém famoso, é muito raro que seja assim. Eu não acho que Cristiano Ronaldo é um monstro e que tenha estuprado alguém. Eu não acho que ele é esse tipo de bastardo. Impossível", contou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Cristiano Ronaldo teve problemas físicos e não pode entrar em campo AFP / Marco BERTORELLO
Rocco Siffredi é ex-ator pornô Twitter
Cristiano Ronaldo foi acusado de estupro AFP / Marco BERTORELLO
Kathryn Mayorga acusou Cristiano Ronaldo de estupro Reprodução
Cristiano Ronaldo foi acusado de estupro AFP