Jiu-Jitsu é incluído nas Olimpíadas de Policias e Bombeiros da China, em 2019

Mundial de 2020 pode ser realizado no Brasil

Por O Dia

Assembleia Geral Anual da SJJIF foi realizada em Los Angeles (EUA)
Assembleia Geral Anual da SJJIF foi realizada em Los Angeles (EUA) -

Rio - Na última quarta-feira foi realizada a Assembleia Geral Anual da SJJIF (Sport Jiu Jitsu International Federation) em Los Angeles (EUA), onde foram apresentados os relatórios de 2018 das seis federações continentais filiadas à entidade. Na ocasião, foram discutidas estratégias para o desenvolvimento integrado do jiu-jitsu pelo mundo e foi anunciado em primeira mão a inclusão do jiu-jitsu no World Police and Fire Games 2019, também conhecido como Olimpíadas dos Policiais e Bombeiros, que acontecerá em agosto de 2019, na China.

Além disso, o presidente da SJJIF, João Silva, confirmou a possibilidade de o Mundial ser realizado fora dos EUA, em 2020. Neste caso, o Brasil teria grandes chances de ser o país sede. Para 2019, o Mundial já está agendado na Long Beach Arena, em Los Angeles, no segundo fim de semana de novembro.

O presidente da SJJSAF (Sport Jiu Jitsu South American Federation), Cleiber Maia, prestou conta das ações da Federação Sul-Americana e mostrou-se muito animado com a possibilidade de um Campeonato Mundial pela primeira vez no Brasil.

"Seria magnífico o Mundial da SJJIF aqui no Brasil. Além de ser um evento gigantesco, que vai reunir atletas de mais 70 países em 2018, seria uma ótima oportunidade para a comunidade brasileira do jiu-jitsu ver de perto o trabalho que a Federação Internacional vem fazendo pelo desenvolvimento do nosso esporte. Sem falar na valorização do atleta: esse ano serão 69 mil dólares em premiação", explicou Cleiber.O presidente da SJJSAF (Sport Jiu Jitsu South American Federation), Cleiber Maia, prestou conta das ações da Federação Sul-Americana e mostrou-se muito animado com a possibilidade de um Campeonato Mundial pela primeira vez no Brasil.

 

Últimas de Esporte