Flamengo se preocupa agora com a vaga direta na Libertadores

Praticamente sem chances de chegar ao sonhado hepta, time tem que se concentrar na briga para permanecer no G-4 do Brasileiro

Por

O técnico Dorival Júnior brinca com o volante Cuéllar em treino do Flamengo no Ninho do Urubu
O técnico Dorival Júnior brinca com o volante Cuéllar em treino do Flamengo no Ninho do Urubu -

Rio - Virtualmente fora da briga pelo título brasileiro após a derrota por 2 a 1 para o Botafogo, a última temporada do Flamengo na gestão de Eduardo Bandeira de Mello foi mais uma para ser esquecida. Foram seis anos, apenas uma conquista expressiva a Copa do Brasil de 2013 e uma série de decepções. A preocupação agora é garantir uma vaga na fase de grupos da Libertadores. Para isso, terá que ficar entre os quatro primeiros do Brasileiro, superando a concorrência de São Paulo e Grêmio.

O Rubro-Negro ocupa atualmente a terceira colocação, com 60 pontos, dois a mais do que os concorrentes na briga pelo G-4, mas sete atrás do líder Palmeiras, vantagem quase irreversível a cinco rodadas do fim do campeonato. De acordo com o matemático Tristão Garcia, a equipe tem 90% de chances de garantir a vaga e apenas 2% de título. O time, entretanto, ainda não desistiu do hepta.

"Resultado desastroso para nossas pretensões. Mas não vamos de maneira nenhuma jogar a toalha. Vamos lutar até o último momento", disse o técnico Dorival Júnior após a derrota para o Botafogo, sábado.

Na teoria, o Flamengo terá a reta final mais difícil entre os times que almejam o G-4. Apesar de jogar três das cinco partidas em casa, o Rubro-Negro enfrenta quatro adversários da parte de cima da tabela, e apenas um que luta contra o rebaixamento. São Paulo e Grêmio, por sua vez, pegam três times que estão próximos do Z-4 e fazem um duelo entre si na próxima rodada.

Na briga pelo título, o Palmeiras, além da vantagem de cinco pontos para o Internacional, segundo colocado, tem uma sequência de jogos teoricamente fácil. Invicto há 18 rodadas, o Verdão enfrenta quatro equipes envolvidas na briga contra a degola, entre elas o já rebaixado Paraná.

Já a classificação para a fase de pré-Libertadores está muito bem encaminhada pelo Flamengo. A distância para a primeira equipe fora do G-6, Atlético-PR, é de 14 pontos. Uma vitória sobre o Santos, quinta-feira, no Maracanã, garante a vaga. Em caso de empate, terá que torcer para o Atlético-PR ou o Atlético-MG não vencerem seus jogos, contra Vasco e Paraná, respectivamente.

 

Comentários

Últimas de Esporte