Casagrande volta a criticar Neymar e dispara contra pai do craque: 'Foi um escroto'

Comentarista relembrou quando chamou o camisa 10 da Seleção de 'mimado'

Por O Dia

Casagrande criticou pai de Neymar
Casagrande criticou pai de Neymar -

São Paulo - Casagrande voltou ao assunto 'Neymar mimado' neste domingo. Em entrevista para a 'Folha de São Paulo', o comentarista falou sobre muitos assuntos e reafirmou as criticas direcionadas ao camisa 10 da seleção brasileira. 

"Naquela época eu achava e foi comprovado que era isso. Vimos o que aconteceu na Copa. Foi muito ruim o comportamento dele. Teve chacota no mundo todo em relação ao Neymar. Espero que isso tenha mexido muito com cabeça dele. A vida pessoal dele só interessa a ele. Dentro do campo, interessa muito a nós, brasileiros, que desde 2002 não ganhamos uma Copa do Mundo. Então, espero que ele pense: “Em 2022 eu quero arrebentar", disse.

Casagrande também destacou a importância de ser um ídolo no Brasil e na visão do comentarista o país está em uma 'crise' de ídolos.

"O Brasil está numa crise de ídolos. Não se pode forçar uma pessoa a virar ídolo. Isso se conquista com o tempo, personalidade, carisma. Não é empurrado goela abaixo. O maior jogador do Brasil hoje é o Neymar. Tem muita gente que gosta dele mesmo. Mas ser um ídolo nacional, ele ainda não conquistou isso”, analisou.

Casagrande voltou a comentar sobre quando chamou Neymar de mimado e o pai do camisa 10 se manifestou contra o comentarista o chamando de 'abutre'.

"Quando eu falei que o Neymar era 'mimado', explodiu o negócio, o pai dele foi escroto pra cacete e a única coisa que a Globo falou foi pra deixar baixar a poeira. Eu achei certo. Ninguém vai chegar pra mim e dizer o que eu devo ou não falar. Jamais eu ia aceitar. Sou contra a censura totalmente.", finalizou.

Últimas de Esporte