Vídeo mostra momento em que repórter da Globo teria sido vítima de assédio

Fabíola Andrade recebeu solidariedade do Corinthians pelas redes sociais, mas negou que seu colega tenha a assediado

Por O Dia

Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão -

São Paulo - A repórter do Grupo Globo Fabíola Andrade foi vítima de assédio enquanto trabalhava no jogo envolvendo Corinthians e Vasco, no último sábado, no Itaquerão, pelo Campeonato Brasileiro. Um vídeo mostra o exato momento onde supostamente um colega de trabalho teria colocado uma 'mão boba' na jornalista.

O Corinthians, dono do estádio, divulgou através de suas redes sociais oficiais uma nota de solidariedade para a repórter.

O movimento #DeixaElaTrabalhar, que visa alertar a população contra o assédio às mulheres jornalistas nos estádios, também se manifestou.

A repórter se manifestou através de seu Instagram e disse que não foi assediada, mas muitos fãs prestaram solidariedade em suas redes sociais.

Galeria de Fotos

Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Reprodução de TV
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram
Fabíola Andrade nega assédio durante jogo do Brasileirão Instagram

Últimas de Esporte