Apresentadora critica postura de Renato Gaúcho em curso da CBF: ' Ele é privilegiado?'

Treinador afirmou que tem um acordo com entidade para não comparecer em algumas aulas

Por O Dia

Renato Gaúcho
Renato Gaúcho -

São Paulo - Renato Gaúcho polemizou ao declarar publicamente que não participaria completamente do curso de treinadores da CBF. A apresentadora Renata Fan, do programa 'Jogo Aberto', da Band, questionou a atitude do técnico do Grêmio.

"Não pode, porque aí vira uma farra. Um pode e todos os outros não. Por que ele tem que ser privilegiado? Por quê? Por que ganhou o Campeonato Gaúcho deste ano? Cansou demais, foi isso? Eu não gosto de malandragem", ironizou a loira.

Vale lembrar que a licença é obrigatória para os treinadores da Série A do Brasileirão. Renato Gaúcho declarou que não participaria do curso durante suas férias e que a CBF teria um acordo com ele sobre sua ausência.

"Me chamou a atenção que ele (Renato) falou que tem um acordo com a CBF e aí me aparece o coordenador e falou que ele não tem a habilitação. Se houve um acordo, a gente precisa saber qual foi. Porque ele saiu falando que, se o Renato não comparecer às aulas, só em fevereiro. Não tendo a habilitação, como ele vai dirigir o Grêmio? Está estranho. A história está mal contada", questionou Denílson.

"Alguém precisa aparecer e dizer que liberou o Renato. Se fosse uma festa, todo mundo estaria curtindo férias. Isso fica feio até para os outros que estão lá, se esforçando, comparecendo. Não interessa se é bom ou não o curso, é uma obrigatoriedade", completou Renata. 

"Na verdade, acho que fica feio só para o Renato", retrucou o ex-jogador. "Vamos ser justos, Renata. O certo é os caras estarem lá. Feio é para o Renato."

"Como você se sentiria? Você louco para estar com a sua família, mas está todo dia na sala de aula e o Renato não. Por quê? O que ele é melhor que os outros?", acrescentou a apresentadora.

Últimas de Esporte