Gum dá adeus ao Fluminense

Abad confirma a saída do zagueiro e promete uma homenagem

Por O Dia, O Dia

Com contrato até segunda-feira, Gum não entrou em acordo com a diretoria e está fora do Flu
Com contrato até segunda-feira, Gum não entrou em acordo com a diretoria e está fora do Flu -

Rio - O casamento de nove anos de Gum com o Fluminense chegou ao fim. Depois de 414 jogos com a camisa tricolor e 29 gols marcados, o zagueiro teve sua saída do clube confirmada ontem pelo presidente Pedro Abad. "É um cara sensacional, de uma índole irretocável. Sempre foi um ponto de equilíbrio. É um ciclo que se encerra de uma forma bonita e sem mágoa", disse Pedro Abad em entrevista ao site 'UOL'. O dirigente revelou ainda que o clube vai prestar uma homenagem ao jogador.

Gum, 33 anos, até aceitou reduzir o salário para continuar, mas o que complicou foi o tempo de contrato. Enquanto o Fluminense queria um ano de vínculo, o empresário do atleta pedia dois.

Mesmo antes da saída de Gum, o setor defensivo era o que mais movimentava o Fluminense nos últimos dias de 2018. Entre renovações e contratações, a diretoria segue trabalhando para tentar definir o elenco para 2019. Após renovar com os laterais Gilberto e Marlon, o clube contratou os zagueiros Matheus Ferraz, do América-MG, e Nino, do Criciúma. Com relação a Matheus Ferraz, Flu e jogador já se acertaram (contrato de um ano) e falta apenas o exame médico para a assinatura do contrato. Já Nino seria uma aposta de olheiros tricolores.

O Flu ainda negocia com o Cruzeiro a permanência de Digão por empréstimo de mais um ano a trama também envolveria o lateral-direito Ezequiel, por empréstimo, além do volante Bruno Silva, em definitivo. Os três viriam em troca por Jadson. Falta apenas a aprovação da Udinese, dona de 25% de seus direitos.

Faltaria ao Fluminense resolver a situação de Júlio César. O goleiro ainda negocia a renovação, mas o interesse de Grêmio e Athletico-PR dificulta as conversas.

 

Comentários