Falso funcionário teria pedido fotos íntimas para mulheres em troca de vaga em clube da Série A

Golpe acabou sendo denunciado pelas vítimas

Por O Dia

Estádio Rei Pelé onde o CSA manda seus jogos
Estádio Rei Pelé onde o CSA manda seus jogos -

Maceió -  O CSA de Alagoas que volta a primeira divisão do Brasileirão, se viu no meio de uma situação lamentável nos últimos dias. Um homem teria se passado por funcionário do marketing do clube e teria oferecido uma vaga no grupo de líderes de torcida ou como nova musa do clube. No entanto, como contrapartida, as moças teriam que enviar fotos íntimas para ele. As investigações ainda não foram concluídas e podem levar meses. As informações são do portal "UOL".

Segundo o site, o golpe era realizado pelo WhatsApp. O suposto funcionário teria enviado o que seria um portfólio de seu trabalho e apresenta fotos da página oficial do CSA. Ele utiliza um número telefônico pertencente a uma empresa de São Paulo - segundo a Polícia Civil, o aparelho pode teria sido clonado.

De acordo com a informação, o delegado revelou que as vítimas não chegaram a enviar fotos íntimas ao suposto funcionário. Teriam percebido se tratar de um golpe e acionaram a polícia.

Comentários