Três dias antes de morrer, Henzel prometeu que narraria volta de Neto

'Nem que seja na China', postou em seu Instagram

Por O Dia

Rafael Henzel teve um mal súbito durante uma partida de futebol
Rafael Henzel teve um mal súbito durante uma partida de futebol -

O radialista Rafael Henzel, que morreu na noite desta terça-feira após infartar jogando uma pelada com amigos, havia feito uma promessa três dias antes de sua morte: narrar a volta do zagueiro Neto aos gramados com a camisa da Chapecoense.

O atleta também é um dos sobreviventes do voo que matou 71 pessoas em novembro de 2016, na Colômbia. Neto, porém, teve uma recuperação lenta, que durou dois anos. Último a ser resgatado, enfrentou quatro procedimentos cirúrgicos nos joelhos, uma cirurgia no nariz e outra no crânio. Na sexta-feira da semana passada, o jogador enfim foi reintegrado ao elenco da Chape e treinou no CT da Água Amarela.

Como o próprio Henzel publicou no Instagram, narraria a volta do zagueiro aos gramados "nem que fosse na China": "Olha a alegria do Neto. Voltou a treinar com bola novamente na Chapecoense. Já fez três cirurgias, mas e daí? Guerreiro não foge da luta. E a promessa segue firme. Vou narrar seu primeiro jogo, nem que seja na China", escreveu o radialista.

Postagem de Rafael Henzel sobre a volta de Neto aos gramados - Reprodução

Galeria de Fotos

Rafael Henzel teve um mal súbito durante uma partida de futebol Sirli Freitas/Chapecoense
Postagem de Rafael Henzel sobre a volta de Neto aos gramados Reprodução

Comentários