Pelé passa outra noite internado, mas está bem e estafe diz: 'Não há pressa de sair'

Rei do Futebol está se recuperando de infecção urinária em hospital de Paris

Por O Dia

Pelé foi à capital francesa participar de um evento publicitário
Pelé foi à capital francesa participar de um evento publicitário -

O astro do futebol Pelé passou mais uma noite internado em Paris devido a uma infecção urinária. Ele deu entrada no American Hospital, na capital francesa, na última quarta-feira, por estar com febre e os exames detectaram a infecção. De acordo com um assessor do Rei do Futebol ouvido pela agência de notícias francesa AFP, ainda não há uma previsão de alta.

"Pelé não corre nenhum risco e não temos pressa. As decisões dos médicos são diárias e teremos a máxima precaução até ele sair", informou o assessor, sem dar mais detalhes sobre o quadro clínico do ex-jogador.

Inicialmente, os assessores do Rei disseram no último sábado que ele poderia voltar ao Brasil hoje, mas, depois, informaram que a decisão só seria confirmada após novos exames.

O ex-jogador, de 78 anos, foi hospitalizado um dia depois de participar em Paris de um evento publicitário com o jovem atacante francês Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain.

Na sexta-feira, Pelé escreveu mensagem no Twitter. "Muito obrigado por todo o amor! Os antibióticos estão fazendo efeito. Eu estou me sentindo muito melhor e acho que estou pronto para jogar de novo!", brincou.

A frágil saúde do Rei do Futebol, único jogador a conquistar três Copas do Mundo (1958, 1962, 1970), tem sido uma fonte de preocupação nos últimos anos. Ele tem sido visto em público em cadeiras de rodas ou precisando do auxílio de um andador e, em 2016, não teve condições físicas de acender a tocha olímpica nos Jogos do Rio.

Assim que voltar ao Brasil, Pelé deve seguir o tratamento no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

 

Comentários