Virginia supera vexame e é campeão do basquete universitário dos EUA pela primeira vez

O time venceu o Texas Tech Red Raiders por 85 a 77, após uma prorrogação, no US Bank Stadium, em Minneapolis

Por O Dia

Virginia Cavaliers
Virginia Cavaliers -

O Virginia Cavaliers conquistou na noite de segunda-feira o seu primeiro título na história da NCAA, o basquete universitário dos Estados Unidos. Um ano após passar pelo vexame de ter se tornado a primeira equipe em toda competição a ser número 1 e perder para o número 16 no March Madness, a fase de playoffs, o time de Virginia foi campeão ao derrotar o Texas Tech Red Raiders por 85 a 77, após uma prorrogação, no US Bank Stadium, em Minneapolis.

Provável escolha no Top 10 do Draft da NBA, De'Andre Hunter foi o grande nome da decisão. Ele fez o seu melhor jogo na universidade com 27 pontos e sete rebotes. Kyle Guy também esteve bem - foram 24 pontos. Ty Jerome deixou a quadra quase com um "double-double" (dois dígitos em dois fundamentos) de 16 pontos e nove assistências. Por Texas Tech, Brandone Francis anotou 17 pontos. Já Jarrett Culver, eleito o melhor do ano pela Big 12, acabou o duelo com 15.

No começo da decisão, as equipes pareciam nervosas, principalmente o Texas Tech. Os Red Raiders erraram as primeiras oito tentativas de arremesso e só pontuou sem ser por lance livre por volta de oito minutos da etapa inicial. Melhorou na segunda metade do período e conseguiu diminuir a desvantagem para apenas três pontos no intervalo: 32 a 29.

Virginia Cavaliers - STREETER LECKA / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

No entanto, essa foi apenas a segunda vez que o Texas Tech cedeu mais de 30 pontos em um tempo no March Madness da NCAA. Contra Gonzaga no Elite 8 (quarta de final), os Red Raiders sofreram 37 nos primeiros 20 minutos de jogo.

O panorama do segundo tempo foi o mesmo. Os Cavaliers começaram bem e abriram uma boa vantagem no placar. Mas com a força do banco de reservas, os Red Raiders conseguiram encostar. Faltando pouco mais de 3 minutos para o fim, o time do Texas conseguiu oito pontos seguidos e empatou a partida. Após Virginia abrir quatro pontos novamente, Moretti acertou uma bola de três e deixou o jogo com apenas um ponto de vantagem.

Hunter ainda empatou o jogo para Virginia com oito segundos para o fim. Culver teve a chance de vencer o jogo para o Texas Tech, mas acabou bloqueado e o confronto foi para a prorrogação - a primeira desde 2008, quando Kansas, de Mario Chalmers, bateu Memphis, de Derrick Rose.

O tempo extra não foi tão emocionante, mas foi nessa hora que apareceu a estrela de Hunter. Em uma cesta de três pontos extraordinária, do mesmo lugar em que levou o jogo para a prorrogação, o ala deu o impulso final para a vitória e o título de Virginia.

 

 

Galeria de Fotos

Virginia Cavaliers TOM PENNINGTON / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Virginia Cavaliers STREETER LECKA / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

Comentários