Jornalistas do Grupo Globo disparam contra o VAR e são criticados por Felipe Neto

Árbitro de vídeo foi decisivo na partida entre Manchester City e Tottenham, pela Liga dos Campeões

Por O Dia

Felipe Neto
Felipe Neto -

Rio - Após o árbitro de vídeo decidir a partida entre Manchester City e Tottenham, pela Liga dos Campeões da Europa, André Rizek e Alex Escobar foram à Web protestar contra o VAR, que anulou um gol dos Citizens aos 48 do segundo tempo.

"Nunca achei que fosse dizer isso. Espero mudar de opinião amanhã, de novo. Mas decidi, hoje, que odeio o VAR. Que saudade de poder gritar gol (ou “m...”) quando a bola bate na rede. Depois eu vejo se não tava impedido, ou foi com a mão. O mais importante, mesmo, era gritar gol", escreveu Rizek, que foi complementado pelo colega. "To de saco cheio do VAR."

Pouco depois, o youtuber Felipe Neto criticou a postura da dupla e ressaltou a importância do VAR para se corrigir injustiças.

"Desculpem, amigos, mas não acredito q estou vendo dois profissionais do mundo esportivo dizendo que é melhor termos injustiças cometidas por erros só para poder preservar a emoção de um gol ilegal. Um grito não vale o trabalho do ano inteiro de um clube eliminado indevidamente", postou o patrocinador do Botafogo.

Escobar, sempre bem-humorado, respondeu que Felipe estava desculpado, enquanto Rizek tentou justificar sua posição.

"Mas não foi isso. Só valeria a pena abrir mão da explosão do gol se a imagem da TV realmente conseguisse nos esclarecer, com 100% de certeza, lances que muitas vezes são de mera interpretação, portanto sem conceito de justiça envolvido. A experiência com o VAR, hoje, foi horrível", declarou o apresentador.

Comentários