Ex-atacante que disputou três Copas é detido sob acusação de abuso sexual

Ele era considerado foragido há dois anos

Por ESTADÃO CONTEÚDO

José de Jesús Arellano
José de Jesús Arellano -
México - Ex-atacante da seleção mexicana de futebol, José de Jesús Arellano foi preso neste sábado sob acusação de abuso sexual. O ex-atleta de 45 anos, que disputou três Copas do Mundo, foi detido quando visitava sua família, na cidade de Monterrey.
"Efetuamos a ordem de prisão contra Jesús Arellano no bairro Cumbres Oro, no oeste de Monterrey. E o detido segue preso no Centro de Reinserção Social de Topo Chico", afirmou comunicado da Procuradoria-geral de Justiça ao estado de Nuevo León.
Arellano era considerado foragido há dois anos, quando foi acusado de ter abusado sexualmente da sobrinha, então com 16 anos. A denúncia foi feita pela própria familiar em janeiro de 2017. Sua prisão havia sido decretado logo após a denúncia, quando o ex-jogador deveria se apresentar às autoridades para responder à grande acusação, mas não apareceu. A Justiça, então, decidiu por sua prisão.
Arellano estava afastado do futebol desde 2011, quando se aposentou, vestindo as cores do Monterrey, time que mais defendeu em sua carreira. Também jogou pelo Chivas de Guadalajara. Conquistou títulos somente pelo seu primeiro e último time.
Com o destaque individual, acumulou seguidas convocações para a seleção do México. E teve a oportunidade de disputar três Copas do Mundo, em 1998, 2002 e 2006, sempre como opção no banco de reservas.

Comentários