Torcedores relatam racismo no duelo entre Flamengo e Botafogo da NBB

Semifinal do NBB aconteceu no ginásio do Alvinegro, mas Rubro-Negro levou a melhor

Por MH

Botafogo x Flamengo pelo NBB
Botafogo x Flamengo pelo NBB -
 Rio - O Flamengo se classificou às finais do Novo Basquete Brasil (NBB) ao vencer o Botafogo por 90 a 75, na noite de terça-feira (14), no ginásio Oscar Zelaya, em General Severiano. O clássico que movimentou o basquete carioca, porém, teve um episódio abjeto de racismo. Torcedores relataram que um alvinegro chamou um atleta rubro-negro de 'macaco'.
De acordo com a versão de torcedores nas redes sociais, o torcedor chamou o ala David Nesbitt de 'macaco' enquanto o atleta, natural das Bahamas, aquecia no intervalo. Ainda de acordo com os relatos, os próprios botafoguenses que estavam ao redor repreenderam o autor da ofensa racista, e ele foi retirado pela segurança do clube.
— Pedro Umberto (@PedroUmberto97) 15 de maio de 2019
A partida precisou ser parada algumas vezes porque a torcida do Botafogo arremassava objetos na quadra - o jogo foi de torcida única. Antes do duelo, outra polêmica tomou conta: torcedores alvinegros haviam confeccionado centenas de faixas escritas 'Fogo Neles', em apoio ao Botafogo. A frase, porém, pegou mal por lembrar o incêndio que matou dez jovens atletas do Flamengo no alojamento do Ninho do Urubu, em fevereiro. O clube se manifestou contra a confecção do acessório e ele não foi utilizado pela torcida na partida.