Nova Cidade, time que revelou ex-Milan e Flamengo, estreia na Segundona do Carioca

O 'Quero-Quero da Baixada' disputou a elite carioca em 1989 e 1990

Por O Dia

Serginho (à direita) posa com a camisa do Nova Cidade
Serginho (à direita) posa com a camisa do Nova Cidade -
Rio - Campeão da Série B2 de 2018, equivalente à terceira divisão do Campeonato Carioca, o Nova Cidade estreia neste sábado na Série B1 diante de uma pedreira: encara o America no Estádio Joaquim de Almeida Flores, em Nilópolis, às 15h.
Para dar sorte à equipe nesta campanha, o 'Quero-Quero da Baixada' recebeu esta semana a visita de sua maior estrela: o ex-lateral-esquerdo Serginho, que jogou no Milan da Itália entre 1999 e 2008 e conquistou duas vezes a Liga dos Campeões. Nascido e criado em Nilópolis, Serginho deu seus primeiros passos no futebol justamente no time da cidade.
"É muito bom retornar ao clube, pois estou em casa. A minha juventude se resume ao Nova Cidade porque todos os meus finais de semana eram aqui dentro. Ver o clube sendo recuperado depois de anos de abandono é motivo de muita alegria. Os vestiários estão legais, o gramado tem uma condição bacana e ver tudo bem conservado é muito legal", elogiou o ex-jogador, que trocou ideia com o atual elenco.
"Sonhar não está longe de ninguém. Acho que todos esses meninos podem sonhar em ter grandes conquistas com o clube, podem sonhar com o crescimento profissional, chegar a um reconhecimento mundial. Depois da globalização, o mundo todo está próximo. Basta sonhar, acreditar e ter determinação pois tudo é possível. Quando se há o sacrifício, o resultado chega. Acho que eles entenderam tudo que passei e onde cheguei saindo daqui", disse Serginho.

Comentários