Neymar  - Reprodução / Instagram
Neymar Reprodução / Instagram
Por O Dia
Teresópolis - A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) vai investigar o atacante Neymar Junior por ter divulgado vídeo íntimo da jovem que o acusou de estupro. Neste domingo, a delegacia de Teresópolis (110ª DP) , foi à Granja Comary realizar diligências para a investigação. O jogador estava de folga e não estava no local quando as viaturas estiveram lá.
Neymar retornou à Granja de helicóptero no fim desta manhã, acompanhado de Arthur, Daniel Alves e Thiago Silva. O delegado da 110ª DP informou que os agentes não retornarão ao local para mais apurações e dará apoio às diligências realizadas pela DRCI. 
Publicidade
Procurada, a Secretaria de Segurança de São Paulo, onde foi registrada a ocorrência contra o jogador, afirmou que o inquérito seguirá sob sigilo.
Após ser acusado de estupro, Neymar publicou um vídeo de sete minutos em seu perfil na Internet, o jogador diz que foi pego de surpresa e que irá mostrar toda a conversa que teve com a jovem. No fim da gravação, é exposto o diálogo entre os dois e diversas fotos íntimas enviadas para o atleta.