Brasil pode ser sede do Mundial de Clubes de 2021

Novo Mundial de Clubes pode contar com 24 clubes do mundo todo, sendo doze europeus, cinco sul-americanos, e as demais vagas distribuídas para América do Norte, África e Ásia.

Por O Dia

Presidente da FIFA Infantino
Presidente da FIFA Infantino -
Rio - Principal competição de clubes do mundo, o Mundial de Clubes da Fifa pode acontecer no Brasil daqui a dois. De acordo com o portal "UOL", a  entidade máxima do futebol foi comunicada do interesse dos cartolas brasileiros é repetir o feito do ano 2000 e sediar o torneio de 2021, primeiro em novo formato.
Elaborado pelo presidente da FIFA, Gianni Infantino, o novo Mundial de Clubes poderá contar com 24 clubes do mundo todo, sendo doze europeus, cinco sul-americanos, e as demais vagas distribuídas para América do Norte, África e Ásia.

Outra mudança diz respeito à periodicidade da competição, que passaria a ser disputada a cada quatro anos, tal com a própria Copa do Mundo de seleções e as Olimpíadas, sediadas no Brasil em 2014 e 2016, respectivamente. Os estádios utilizados para os dois eventos seriam reaproveitados, entre eles a Arena de Pernambuco, que sediou jogos da Copa das Confederações (2013) e do Mundial.

No entanto, o desejo brasileiro esbarraria em dois problemas. A resistência de grandes clubes do futebol europeu, que ainda se mostram reativos ao novo modelo proposto, sobretudo pela captação de recursos financeiros para o torneio. Além disso, a China também deve se apresentar como sede potencial para o torneio, uma vez que deseja utilizar o evento como teste para receber um Mundial de seleções, com base no forte aporte financeiro injetado por patrocinadores na FIFA desde 2015.

A primeira edição do Mundial no Brasil, reconhecida pela FIFA, aconteceu em 2000, quando o país sediou a edição com oito equipes. Vasco e Corinthians, que se sagrou campeão, representaram o futebol brasileiro, enquanto Real Madrid e Manchester United foram os europeus selecionados. Al-Nassr (Arábia Saudita), Raja Casablanca (Marrocos), Necaxa (México) e South Melbourne (Austrália) completaram a edição.

Comentários