Presidente da Fifa, Gianni Infantino chegou a sugerir que as Eliminatórias fossem disputadas em sede única na Europa - Alberto PIZZOLI / AFP
Presidente da Fifa, Gianni Infantino chegou a sugerir que as Eliminatórias fossem disputadas em sede única na EuropaAlberto PIZZOLI / AFP
Por O Dia
Rio - Reeleito presidente da Fifa, Gianni Infantino falou sobre algumas das dificuldades do futebol brasileiro. Ele afirmou que só soube há pouco tempo da força econômica do esporte do país e lamentou o alto número de vendas de jovens jogadores brasileiro.
"Só recentemente percebi que a receita no Brasil não está longe das grandes ligas europeias. E eu ainda me pergunto por qual motivo esses jogadores saem do Brasil para jogar no segundo, terceiro ou quarto nível europeu", indagou Infantino em entrevista ao portal "UOL".
Publicidade
Um dos clubes com melhor poder aquisitivo do país, o Flamengo foi utilizado como exemplo de equipe para os jogadores continuarem jogando.
"Por qual motivo não ficam num Flamengo? Temos de mudar essa mentalidade de formar e vender. Eles têm de ficar e ganhar um Mundial. Eu entendo se querem sair para um Real Madrid. Mas não para um pequeno clube de segunda divisão" , completou.