Mais Lidas

Jogo duro: PSG recusa primeira oferta do Barcelona por Neymar

Parisienses querem forçar o Barcelona a oferecer mais dinheiro. Saída também depende de uma pressão por parte do brasileiro, que ainda teria dúvidas

Por Lance

Mesmo com a seleção brasileira indo à final, Neymar faz muita falta
Mesmo com a seleção brasileira indo à final, Neymar faz muita falta -
A imprensa europeia segue especulando o próximo passo da carreira de Neymar. De acordo com o programa francês 'Téléfoot', o PSG não gostou da primeira oferta do Barcelona e passou a considerar o atacante "intransferível". O jornal espanhol 'As', porém, acredita que isso seja uma estratégia para valorizar a transferência e que a saída vai depender da pressão que Neymar fizer no clube parisiense.

NAS MÃOS DE NEYMAR
Para o 'As', Neymar ainda não decidiu, de fato, o que quer fazer. O jornal aponta que o brasileiro "ainda não deu a palavra final" e que tudo vai depender da "capacidade de pressão e a intensidade" do atacante em demonstrar a sua vontade de sair.

FALTA GRANA

Ainda de acordo com a publicação, o PSG recusou a primeira oferta do Barcelona, que ainda inclui a ida do atacante Philippe Coutinho, com o intuito de valorizar ainda mais Neymar e fazer com que as cifras de sua transferência aumentem. Tanto Coutinho quanto o PSG estariam de acordo, o problema seria o valor em dinheiro oferecido pelo Barcelona.

TROCA

O Barça vê com bons olhos a saída de Coutinho. A última temporada do brasileiro foi bastante irregular e irritou a torcida. O PSG e o atual diretor de futebol, Leonardo, gostam da ideia de trazer o brasileiro. Além disso, o clube catalão acredita que precisa abaixar sua folha salarial para conseguir incrementar Neymar em seu elenco.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia