Esquecido? Globo deixa repórter na geladeira sem o convidar para dar explicações

Jornalista segue sem trabalhar a três semanas, sem sequer ser chamado para uma conversa

Por O Dia

O repórter Mauro Naves
O repórter Mauro Naves -
Rio - O repórter Mauro Naves atravessa um momento bastante difícil na Globo. Sem trabalhar a três semanas, até hoje ele não foi nem sequer chamado para uma conversa com a emissora, e segue sem ter se explicado sobre os fatos que acarretaram em seu afastamento.

No dia 5 de julho, durante o “Jornal Nacional”, William Bonner relatou que Mauro não avisou a Globo sobre seu contato com os advogados da mulher que acusava Neymar de estupro e o pai do jogador, onde ele teria feito o papel de intermediário.

Durante a transmissão, Bonner leu a seguinte nota:

“Em sua defesa, Mauro Naves explicou que se limitou a repassar os contatos do pai do Neymar para o advogado, a quem já conhecia, porque esperava obter a história com exclusividade".

Na sequência, o apresentador completou:

"Há evidências que as atitudes dele neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos."

Com mais de 30 anos de Globo, Mauro Naves é um dos principais repórteres da emissora em coberturas esportivas, sendo responsável frequentemente pela cobertura da seleção brasileira, um dos carros chefes da empresa. Com isso, o tom das declarações lidas por Bonner acabaram sendo um tanto quanto chocantes.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários