Lendas da arquibancada saudam o retorno do Campeonato Brasileiro da Copa do Brasil - Ricardo Cassiano/Agencia O Dia
Lendas da arquibancada saudam o retorno do Campeonato Brasileiro da Copa do BrasilRicardo Cassiano/Agencia O Dia
Por Yuri Eiras
Rio - O bate-papo na esquina andou meio parado, a gozação no botequim teve trégua e a camisa do time não saiu da gaveta por quase um mês. Mas, após a Seleção faturar a Copa América, os torcedores de Flamengo, Botafogo, Fluminense e Vasco podem voltar a se dedicar ao dia a dia de seus clubes do coração. Afinal, nesta quarta-feira já tem o Rubro-negro em ação pela Copa do Brasil, e, no fim de semana, o Brasileirão estará de volta.
A galera reclama do técnico, corneta o jogador, mas no fundo está com saudade. É o caso de Desirée, torcedor lendário do Fluminense. O tricolor não vê a hora de acompanhar os jovens João Pedro, Marcos Paulo e Pedro. De reforços, apenas o goleiro Muriel, que veio do Belenenses-POR. “Não estou nem aí para a Seleção. Estou louco para que o Fluminense volte a jogar”.
No Botafogo, a falta de grana é ainda mais grave — a luz da sede de General Severiano foi cortada. Famosa na Internet por comemorar as vitórias alvinegras com ‘passinho’, Samanta Alves tem a solução: Gatito. “Eu gosto muito do trabalho do Barroca (treinador). Acho que vai dar certo”.
O folclórico vascaíno Caíque, sempre com sua plaquinha escrito ‘Fé’, se agarra ao galhinho de arruda para superar a turbulência no Vasco. “Torci para a Seleção, mas queria ver meu Vascão. Luxemburgo vai dar jeito nessa volta”. Chegaram a São Januário Richard e Marquinho. Com o reforço de Rafinha, o Flamengo quer chegar longe na Liberta. Jefferson Sales, o ‘Gabigol da Torcida’, pensa em tríplice coroa. “Precisamos de um lateral-esquerdo com nível de Seleção, um zagueirão e um camisa 9 bom. Aí, a gente ganha o Mundial”.
Você pode gostar
Comentários