Repórter Camila Diesel - Reprodução
Repórter Camila DieselReprodução
Por O Dia
Porto Alegre - A repórter da Rádio Guaíba, Camila Diesel, afirmou ter sido assediada no Estádio Beira-Rio na última quarta-feira, no jogo entre Internacional e Nacional-URU, válido pelas oitavas da Copa Libertadores. A jornalista costuma cobrir os jogos e registrar a reação dos torcedores. Através do Twitter, Camila relatou o acontecimento e lamentou a atitude do torcedor.
Segundo a jornalista, o vice-presidente do Internacional, João Patrício Hermann, entrou em contato para prestar solidariedade, disponibilizou as imagens e apoio no que for necessário.
Publicidade
Sobre a partida, o Internacional venceu o Nacional-URU por 2 a 0 e avançou às quartas de final da Libertadores. Na próxima fase, o Colorado enfrentará o Flamengo.