Neymar - ARQUIVO
NeymarARQUIVO
Por O Dia
Rio - Parece que as vontades de PSG e Neymar voltaram a divergir. No entanto, ao menos neste momento, a equipe francesa admite autorizar a saída do brasileiro. Porém, não para o clube que o atacante desejaria. De acordo com o jornal "Le Parisien", o clube de Paris está propenso em permitir a saída do jogador para o Real Madrid de modo mais fácil do que para o Barcelona.
Com isso, pode acontecer que o Real contrate o jogador neste temporada, pagando apenas na próxima - fazendo uma composição com um empréstimo nesta temporada. No fim das contas, o valor total desembolsado será o de R$ 833 milhões, ou seja, 200 milhões de euros.

Isso aconteceria por conta da rusga existente entre o xeque dono do PSG e a diretoria do Barcelona, que constantemente critica o modelo dos clubes europeus, como clube francês, que conta com mecenas asiáticos para se financiarem.