Jogador com passagem pela seleção brasileira é assassinado

Atleta que defendia o Corinthians levou um tiro e morreu em uma boate após discussão

Por O Dia

Luto
Luto -
Rio Grande do Sul - O jogador de futsal Douglas Nunes da Silva, de 27 anos, foi assassinado na madrugada deste domingo em Erechim, interior do Rio Grande do Sul. O caso foi registrado por volta das 5h30, no Centro da cidade. Segundo informações do jornal "Zero Hora", o atleta estava em um boate e foi baleado após entrar em discussão com outro homem.
Os Bombeiros foram chamados por policiais que estavam no local para socorrer o jogador. Conforme o bombeiro Junir Scesny, o jogador estava caído ao chão, já sem pulsação e com bastante hemorragia no crânio. 
Segundo a delegada regional de Erechim, Diana Zanatta, a Polícia Civil começou a ouvir testemunhas na manhã deste domingo. Câmeras de segurança da região serão usadas para auxiliar na investigação. Até as 10h30 deste domingo, ninguém havia sido preso e os investigadores pediram acesso às câmeras de segurança da Avenida Sete de Setembro, onde o crime ocorreu, para continuar as diligências.
O Corinthians se solidarizou com a família e amigos do jogador. Nascido em São Caetano do Sul, em São Paulo, Douglas era pivô e vestia a camisa 9 da equipe paulista.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários