Será? Fifa pode definir nova multa rescisória de Neymar e facilitar saída do PSG

Atacante já terá cumprido, pelo menos, três anos de contrato

Por Lance

Neymar
Neymar -
Rio - A Fifa pode ser a responsável de definir o valor de Neymar no mercado na próxima janela de transferências, de acordo com o 'Mundo Deportivo'. Por não ter multa rescisória definida e já ter cumprido três anos de contrato, o jogador ganha respaldo da entidade e pode evitar que o PSG defina um valor alto de sua saída.

AJUDA
Em 2020, Neymar já terá cumprido, pelo menos, três anos de contrato. Com isso, o brasileiro deve ter uma multa rescisória estabelecida. De acordo com o Estatuto de Transferências de atleta da Fifa, o jogador pode receber um amparo da entidade na formulação dessa multa. O valor não deve ultrapassar os 170 milhões de euros (R$ 775 milhões).

MOTIVO
De acordo com a publicação espanhola, os responsáveis pela gestão da carreira de Neymar já estão cientes da possibilidade e já sondaram a Fifa. O medo do staff do jogador é que o PSG faça o possível para travar a saída do atleta a baixo custo.

VALOR ALTO
Nesta janela, o PSG chegou a fixar o valor de saída de Neymar em 300 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão), o que afastou, principalmente, o Barcelona e o Real Madrid, os principais interessados. O clube parisiense também recusou diversas propostas que envolviam a inclusão de outros atletas como moeda de troca.

Comentários