Presidente do Bayern ameaça boicote à seleção alemã caso Ter Stegen 'barre' Neuer

Mandatário afirmou que não cederá atletas caso a troca ocorra

Por Lance

Manuel Neuer
Manuel Neuer -
Munique - As polêmicas envolvendo a titularidade no gol da Alemanha não param. Depois de Ter Stegen e Neuer se manisfestarem publicamente sobre a situação, foi a vez do presidente do Bayern de Munique ganhar voz. De acordo com o mandatário do clube, Uli Hoeness, os bávaros não vão liberar mais nenhum atleta para a equipe nacional caso Neuer perca a titularidade para o goleiro do Barcelona.

"Antes que isso aconteça, não vamos mais mandar jogadores para a seleção. Nunca aceitaremos que haja uma mudança",comentou Hoeness em entrevista ao jornal alemão "Bild".
No início do mês, Ter Stegen foi a público demonstrar sua insatisfação com a reserva da seleção. O goleiro do Barcelona afirmou que está duas temporadas jogando em alto nível e merecia a titularidade. Neuer respondeu no dia seguinte afirmando que a "discussão não é justa" e "não é boa para o grupo". Contudo, o goleiro do Bayern afirmou pode estar em final de ciclo na seleção por estar tirando oportunidades dos atletas mais jovens.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários